Condução noturna

Condução noturna
condução noturna

CONSELHOS PARA UMA BOA CONDUÇÃO NOTURNA

Os problemas de visão dos condutores durante a noite provocam grande insegurança.

Os sintomas mais frequentes são a sensibilidade ao encadeamento de outros veículos e a visão embaciada.

Conforme dados da DGT ( Dirección General de Tráfico ), é durante a noite quando se produzem mais acidentes de tráfico com cerca de 40% de vítimas mortais.

A condução noturna em estrada, revela-se mais perigosa que a condução em zona urbana.

Entre todos os factores de risco asociados à condução noturna, são notórios a perda natural da acuidade visual do condutor e a aparição de problemas oculares como a miopia noturna e a perda de sensibilidade ao contraste, ou seja a dificuldade em distinguir uma figura sobre um fundo, como pode ser un peão ou um animal que invade a via.

CONSELHOS DE SAÚDE VISUAL:

  • Não esperar pelos prazos legais de renovação da carta de condução. O condutor deve fazer uma revisão ocular, pelo menos, uma vez por ano.
  • Se o condutor detecta alterações ou perda de visão durante a condução deverá procurar o seu oftalmologista ou óptico-optometrista.
  • Se o condutor nota redução no campo visual ou depois de uma cirurgia refractiva se apercebe de encadeamento com outros veículos, deverá dirigir-se ao seu oftalmologista ou óptico-optometrista.
  • Quando o condutor usa óculos para conducir é importante manter as lentes bem limpas e que estas sejam anti-reflexo.

CONSELHOS DURANTE A CONDUÇÃO NOTURNA:

  • Durante a noite é importante moderar a velocidade e aumentar a distância de segurança para poder deter o veículo perante um obstáculo, dentro do campo de alcance das luzes do mesmo.
  • O condutor deverá ligar as luzes do veículo pelo menos uma hora antes do pôr do sol.
  • Fazer o uso adequado das luzes médias e máximas evitará o encadeamento com outros veículos.
  • O condutor deve permanecer atento à aparição de sintomas oculares como lacrimejar ou comichão que se traduzem em sonolência ou cansaço.
  • A colocação correcta dos espelhos, tanto o interior como os exteriores permitirá minimizar os reflexos da iluminação dos outros veículos.

Deve ser evitada a condução com as luzes interiores ligadas já que a diferença de contrastes entre o interior e o exterior do veículo reduzirá a visão ao condutor.

Para mais informação o marcar uma consulta clique aqui ► www.vistasancheztrancon.pt